Vitor Fortes - Sem título

COMPRAR

 

 

 

Biografia em baixo

Vítor Fortes

Nasceu no Funchal. Trabalhou nas oficinas de «Gravura», de 1969 a 1971. Foi bolseiro da Fundação Calouste Gulbenkian, na Slade School, Londres. A partir de 1972 tem sido integrado em diversas exposições internacionais como a Bienal de Gravura de Krakón.
Participou em várias exposições colectivas em Portugal e expôs individualmente na «Gravura», 1969; «Árvore», 1969; Galeria 111, 1969/1972 e Galeria Zen, 1973. Participou igualmente em várias exposições colectivas no estrangeiro nomeadamente, 11 Pintores Portugueses, Museu de Arte Moderna, Rio de Janeiro (1969); Prints from Europe, Oxford, 1970; Palácio das Exposições, Budapeste, 1972; Museu de Arte Moderna, Kyoto, 1973, entre outras. Também marcou participação em várias bienais internacionais, tais como: 1969 VI Bienal de Paris; X Bienal Internacional de S. Paulo; 1970 II Bienal da Estampa, Paris; 1972 III Bienal Internacional de Florença; 1973 X Bienal Internacional de Ljubljana; 1974 V Bienal Internacional de Krakón entre outras. 
Prémios: «Prémio Cidade de Liège», I Bienal Internacional de Liège; «Prémio Internacional de Gravura», X Bienal Internacional de S. Paulo.